Todos os caminhos vão dar à horta…

Bem, se não vão deviam ir, porque é ali que vão crescer as couvinhas galegas e outras, e os nabos gigantes, e a as abóboras gigantonas, e a salsa miudinha e os coentros rendados, e o alecrim aos molhos…
Tudo isto a julgar pelo trabalho que lá se tem feito. Ora vejam.
hortamarco2016_1

hortamarco2016

Como explica a prof.ª Gracinda Cadilhe: «Organizar o terreno, medir, cavar, tratar da plantação e regar foram algumas das tarefas que desenvolvemos hoje na horta “Especial Beiriz”. Em contexto natural, os alunos apreendem conceitos matemáticos funcionais o que lhes confere uma aprendizagem no concreto para além de lhes proporcionar conhecimentos na área da plantação e agricultura biológica.» fonte

Esta entrada foi publicada em Educação Especial com as etiquetas . ligação permanente.